domingo, 30 de março de 2014

FALTA GRAVE DO EMPREGADO


Desonestidade, mau procedimento no trabalho, comportamento
irregular, concorrência com o empregador, desídia,
embriaguez no serviço, violação de segredo empresarial,
indisciplina, insubordinação, abandono do emprego,
agressão à honra ou ofensas físicas ao empregador
ou terceiros, dentre outras.

O empregador é obrigado a comunicar a
dispensa por justa causa ao empregado, informando
claramente o motivo por escrito

Empregado recebe: saldo de salários, 13º salário vencido
e férias vencidas.

Não tem direito de sacar depósitos do FGTS e requerer o

Seguro Desemprego.

Proibido registrar na Carteira de Trabalho que o empregado

foi dispensado por justa causa.

É fraude preencher os documentos da rescisão para levantamento
do FGTS, sem que o trabalhador tenha sido

dispensado sem justa causa.

A lei não autoriza empregado e empregador a fazerem
acerto para dissolução do contrato, reduzindo os valores

a que o trabalhador tem direito.


Nenhum comentário: